sábado, 19 de setembro de 2009

Projeto: Ensino Religioso

PROFESSORA: JOANA DE JESUS DEMORI
MATERIA: ENSINO RELIGIOSO
TURMAS ENVOLVIDAS: 7ª e 8ª
ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA GUILHERME ANDRÉ DALRI
SALETE – SC
TEMA:


DIVERSIDADE RELIGIOSA

Projeto – Tema

Escolhi este tema para trabalhar com meus alunos pelo fato de estarem conhecendo um pouco de cada tipo de religião existentes. Para comparar suas crenças, seus mitos, seu modo de vestir, a maneira em que são educados, e a forma de convivência na sociedade.

Objetivos

Despertar os alunos para a necessidade de uma visão mais ampla, em prol da construção de uma sociedade mais fraterna, que perceba as diferenças sem preconceitos ou hierarquização;
Visualizar na diversidade, a mesma importância e igual sentido que cada crença tem na formação cultural de uma sociedade;
Conhecer novas religiões fazendo uma reflexão sobre o modo como vivem.
Valorizar a identidade cultural.
Proporcionar aos alunos a possibilidade de adquirir conhecimentos sobre a diversidade religiosa.

Fundamentação Pedagógica

O projeto tem o objetivo de contribuir para uma educação de qualidade cumprindo assim o que consta no artigo 32 da Lei de diretrizes e bases da educação, 1996. Que o ensino fundamental tem por objetivo a formação básica do cidadão, mediante: o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo. Como também: a compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da tecnologia, das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade; o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem, tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades e a formação de atitudes e valores; o fortalecimento dos vínculos de família, dos laços de solidariedade humana e de tolerância recíproca em que se assenta a vida social.
A Lei de Diretrizes e Bases da Educação, no artigo 33 reconhece o Ensino Religioso como parte integrante da formação básica do cidadão, assegura, o respeito à diversidade cultural-religiosa do Brasil e veda quaisquer formas de proselitismo. Considerando o que consta na lei às atividades serão fundamentadas nos princípios da cidadania, do entendimento do outro. Respeitando a tradição religiosa trazida de suas famílias como também a liberdade de expressão religiosa de cada um.




Desenvolvimento das atividades – Procedimentos Metodológicos
PESQUISANDO...

PARA LABORATÓRIO: Pesquisa na Internet sobre as religiões existentes; símbolos das tradições religiosas. Período: 02 aulas

RECURSOS:
-Internet
-Sulfite
-Material de uso comum
DICAS PARA A PESQUISA
Sites para os alunos estarem pesquisando;
Diversidade Religiosa: http://www.geocities.com/CapitolHill/Senate/4801/Autores/Brasil.html
Histórico das religiões: http://www.redhbrasil.net/documentos/bilbioteca_on_line/modulo3/mod_3_3.3.6_diver_religiosa_rosa.pdf
Tipos de religião: http://www.grupoescolar.com/materia/o_que_e_religiao.html
Artigo de 10 tipos de religião: http://www.grupoescolar.com/buscar/10_tipos_de_religioes
Budismo: http://hsingyun.dharmanet.com.br/buddhismo.htm
Islamismo: http://www.suapesquisa.com/islamismo/
Cristianismo: http://www.suapesquisa.com/cristianismo/
Judaísmo: http://www.suapesquisa.com/judaismo/
Hinduismo: http://www.suapesquisa.com/religiaosociais/hinduismo.htm
Confucionismo: http://www.suapesquisa.com/religiaosociais/confucionismo.htm
Espiritismo: http://pt.wikipedia.org/wiki/Espiritismo
Religião Católica: http://religiao-catolica.blogspot.com/


REGISTRANDO...

Após a pesquisa os alunos terão que fazer um trabalho com o assunto da pesquisa. A forma do trabalho será a critério do aluno (manuscrito, digitado), mas terá que conter um pouco da história de cada religião pesquisada.
Período: 01 aula.





REFLETINDO...

O professor entregará para cada aluno uma folha de sulfite e canetas para que possam desenhar ou escrever como é o Deus em que cada um acredita e o que é a diferença religiosa. Os alunos serão estimulados a montar um painel contendo as principais opiniões sobre o respeito á diversidade religiosa dadas por eles próprios durante o debate em sala de aula.

LENDO...


Tempo para tudo
Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião.
Há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar;
Tempo de matar e tempo de curar;
Tempo de derrubar e tempo de construir.
Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar;
Tem tempo de chorar e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las;
Tempo de abraçar e tempo de afastar.
Há tempo de procurar e tempo de perder;
Tempo de economizar e tempo de desperdiçar;
Tempo de rasgar e tempo de remendar;
Tempo de ficar calado e tempo de falar.
Há tempo de amar e tempo de odiar;
Tempo de guerra e tempo de paz.
O que é que a pessoa ganha com todo o seu trabalho? Eu tenho visto todo o trabalho que Deus dá às pessoas para que fiquem ocupadas. Deus marcou o tempo certo para cada coisa. Ele nos deu o desejo de entender as coisas que já aconteceram e as que ainda vão acontecer, porém não nos deixa compreender completamente o que faz.
Bíblia sagrada, Eclesiastes 3:1-11

DESCOBRINDO....

Os alunos irão fazer uma agenda das datas de nascimento dos seus colegas de salas, poderá incluir também seus familiares.

PESQUISANDO...

Os alunos irão pesquisar de onde surgiram os meses do ano, seu significado e comparar com o nosso calendário.


SABIA QUE...

Da mesma forma que os homens sempre tiveram preocupação em registrar a sua história a marcação de tempo também sempre foi importante para todos. Cada povo contava o tempo à sua maneira, mas quase sempre o ponto de partida era um acontecimento importante na vida da própria comunidade. Mesmo nos dias atuais, quando existe um calendário universal, que serve de referência para quase todos os povos, os judeus, por exemplo, ainda mantêm antigos costumes de contagem de tempo. As suas datas comemorativas e a do ano novo são diferentes das dos cristãos. O mesmo pode-se dizer dos budistas e dos bahais, que também usam datas próprias para a marcação do tempo. Um povo australiano, os arandas, divide o dia em vinte e cinco partes. Alguns povos indígenas brasileiros consideram as fases da lua como sendo um bom marcador de tempo. Outros povos marcam o tempo a partir das estações do ano - verão, outono, inverno, e primavera. Na áfrica, há povos que tomam como referência as temporadas de chuva. A partir dos fenômenos naturais esses povos sabem, por exemplo, quando devem plantar e colher os frutos e demais vegetais que lhes servirão de alimento.

APRESENTANDO....

Os alunos irão compartilhar com os colegas suas pesquisas, cada grupo indicado apresentará uma religião e irá fazer um símbolo da religião apresentada, destacando (o nome do símbolo, significado desse símbolo), a história daquela religião, e outras características.

CONVERSANDO...

Após as descobertas o professor solicitará que os alunos sentem em circulo e os alunos deverão relatar suas descobertas e opiniões acerca do assunto, o professor poderá também verificar: as religiões presentes na turma, como os alunos enxergam esses deuses que tão de perto conviviam com os humanos? Entendem apenas como invenção literária ou tem noção que, num determinado momento histórico, de fato se acreditava na existência desses. Confrontar visões divergentes, a fim de fazê-los pensar na visão do outro.

VIDEO Para passar aos alunos
http://video.google.com/videoplay?docid=-3347815652369235315
O vídeo trata sobre a diversidade religiosa.





Diversidade religiosae direitos humanos
“Ninguém nasce odiandooutra pessoa pela cor de suapele, por sua origemou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoasprecisam aprender; e, se podem aprendera odiar, podem serensinadas a amar.” (Nelson Mandela)




AVALIAÇÃO DESCRITIVA

10 Questões para responder sobre a diversidade religiosa.


AVALIAÇÃO....

Avaliar o desempenho global do aluno a partir de observações, das atividades nas aulas, da participação individual e em grupo, observação das atitudes de responsabilidade, cooperação e organização e a avaliação escrita.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Muito se fala sobre a questão do Ensino Religioso e o respeito pela diversidade religiosa nas Escolas, o Ensino religioso nas escolas de Ensino Fundamental é parte integrante da formação básica do cidadão, tendo matrícula facultativa e devendo ser multiconfessional, o que significa que todas as religiões devem ter a mesma oportunidade de estudo. Assim torna-se importante que se lembre que o aluno tem liberdade de crença, como qualquer cidadão brasileiro. O Brasil é um estado laico e nenhuma religião, portanto, pode exercer pressão ideológica junto aos cidadãos livres. A religião de cada um deve ser uma decisão extremamente particular. Nossa constituição garante tal direito de escolha e proíbe manifestações preconceituosas a respeito da religião do outro. O importante é conhecer que precisamos nos respeitar sem constranger quem pensa de um modo diferente do nosso. Assim o ensino religioso deve enfatizar o respeito pelo outro, o trabalho com aqueles que se encontram em situação de exclusão social, valores como a honestidade, amor, justiça, amor ao próximo, solidariedade e bondade.
“Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês”
REFERENCIA BIBLIOGRAFICA

Diversidade Religiosa: http://www.geocities.com/CapitolHill/Senate/4801/Autores/Brasil.html
Histórico das religiões: http://www.redhbrasil.net/documentos/bilbioteca_on_line/modulo3/mod_3_3.3.6_diver_religiosa_rosa.pdf
Tipos de religião: http://www.grupoescolar.com/materia/o_que_e_religiao.html
Artigo de 10 tipos de religião: http://www.grupoescolar.com/buscar/10_tipos_de_religioes
Budismo: http://hsingyun.dharmanet.com.br/buddhismo.htm
Islamismo: http://www.suapesquisa.com/islamismo/
Cristianismo: http://www.suapesquisa.com/cristianismo/
Judaísmo: http://www.suapesquisa.com/judaismo/
Hinduismo: http://www.suapesquisa.com/religiaosociais/hinduismo.htm
Confucionismo: http://www.suapesquisa.com/religiaosociais/confucionismo.htm
Espiritismo: http://pt.wikipedia.org/wiki/Espiritismo
Religião Católica: http://religiao-catolica.blogspot.com/
Vídeo a diversidade religiosa.
http://video.google.com/videoplay?docid=-3347815652369235315

Lei Diretrizes e Base da Educação. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/l9394.htm

5 comentários:

  1. Professora Joanaaaa, amei seu blog. PARABÉNS!!!
    Eu também sou professora, leciono a disciplina de Ensino Religioso nas séries da 2ª fase do E.F e no E.M. E tenho encontrado dificuldades para diversificar minhas aulas. Mas lendo a sua proposta para ER. Gostei muito. Obrigada. Sucesso. Eu, Maria Adriana(mariadrianamarquez@yahoo.com.br).

    ResponderExcluir
  2. Obrigada...
    é mesmo um grande dificuldade em encontrar materiais para esta disciplina. Fico muito feliz em poder ajudar. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Professora meu nome é Renata, gostaria de saber mais sobre os procedimentos adotados nas escolas públicas para o ensino religioso nas séries iniciais do ensino fundamental.
    Tenho uma filha de 4 anos e quero saber o que vai ser ensinado nessas aulas!
    rosamacktub@hotmail.com
    Obrigada

    ResponderExcluir
  4. Por que as religiões afrodescendente não são citadas em sua proposta? A proposta é boa! Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Por que as religiões afrodescendente não são citadas em sua proposta? A proposta é boa! Abraços!

    ResponderExcluir